Ads Top

Review l "The Honeymoon" - Luta entre Daisy e Ruby, declaração de May e Os Invencíveis


Dando continuidade no esforço de Simmons para libertar Fitz do episódio passado, já começamos com uma pegada diferente, onde os cientistas, que antes ficavam fora do campo, agora usam tudo que construíram para entrar em combate. É como se os papeis tivessem sido invertidos. Ficando o trio entre Simmons, Fitz e Yo-Yo em campo.


Talbot e Coulson usam a máquina alienígena de Hale para conseguir fugir dela mesma, indo para uma floresta toda congelada. E temos o debate de sempre entre Coulson e Talbot, onde Coulson fala o que aconteceu e Talbot não acredita. Clássico. O que eles não esperavam é que a mesma máquina que os ajudou a fugir, também seria a mesma a os entregar, já que Ruby usa as mesmas coordenadas que eles usaram para fugir e segue seus rastros na neve.


Enquanto Coulson e Talbot tentam fugir, a equipe do Zephyr seguiu o desenho de Robin e está sobrevoando a área para tentar localizá-los, mas sem sucesso. Então Daisy decide pousar para tentar encontrá-los. Por "completa" coincidência, na mesma hora, Ruby os encontra, e começa a persegui-los. E é onde começamos a ter a luta entre Daisy e Ruby, com Daisy chegando por trás e usando seus poderes. O que é uma surpresa para Phil, já que ele não sabe ainda o que aconteceu.


Daisy ordena para que May e Deke levem Coulson e Talbot para o Zephyr enquanto ela cuida de Ruby. É nessa parte que as duas conversam pela primeira vez, onde Ruby fala que quer derrotá-la, mas só conseguimos ver o que já prevíamos: uma criança lutando com outra criança tentando ser adulta. A coreografia da luta é razoavelmente boa, mas não era tudo que esperávamos.
Daisy acaba levando a melhor, quando, literalmente, faz Ruby voar.


Deke estava observando, procurando uma oportunidade para atirar em Ruby para defender Daisy, só que acaba sendo vítima. Ele é baleado por Hale, que estava tentando proteger Ruby, que estava inconsciente. Para a não surpresa de ninguém, Daisy começa a reclamar do por que ele estava tentando protegê-la, e nessa hora ele é baleado.


Daisy leva Deke para o Zephyr, e consegue estabilizá-lo até chegarem na base, onde esperavam encontrar Simmons para operá-lo, mas tentam entrar em contato e a base não responde, já que Mack está preso. Mack vai ser liberado somente quando Piper vai levar comida para o Fitz na cela e vê que ele escapou.


Já em campo, FitzSimmons e Yo-Yo se infiltram na instalação seguindo uma pista da arma que Hale tanto quer. No Zephyr, Daisy começa a fazer o discurso de novo para Deke que ela não precisa de ajuda para se defender e que as ordens dele eram outras, mas é interrompida quando ele começa a piorar. Quando chegam na Lighthouse, Mack fala para eles que Simmons não está, e então Piper tem a ajuda de Mack para fazer a cirurgia em Deke, já que ela é a única a ter algum tipo de contato com tratamento médico.


Na base de Hale, ela acaba aprisionando Ruby após seu fracasso, e retira todas as coisas de seu quarto, o que acaba a irritando. Enquanto isso, dentro da instalação, a equipe de campo vê que quem está fazendo a segurança do local é Anton Ivanov, juntamente com vários androides.


Enquanto Mack e Piper estão operando Deke, May retira Coulson para conversar sobre suas atitudes, e sobre como Daisy não está preparada para assumir o comando quando ele morrer. E acaba "extrapolando" ao falar que o ama, e que a decisão dele aceitar a morte é das pessoas que amam ele, que no caso é ele. E então ele fica calado, e ela sai revoltada.


Strucker descobre os planos da câmara, e mostra eles a Ruby. Ele acaba a convencendo a se virar contra Hale, que não estava mais querendo a colocar na câmara. Na instalação, a equipe de campo encontra a sala continha a câmara, e tenta destruir o máximo de coisas possíveis para impedir que Hale ou Anton a usem.


Após ser convencida por Strucker, Ruby faz um teatro para sua mãe e acaba a deixando presa em seu quarto, mas percebemos que não é trair por trair, e sim uma filha querendo dar orgulho para a mãe, ou seja, ela e Daisy são mais parecidas do que acham. Na base, Daisy vai conversar com Talbot, que a implora para o deixar entrar em contato com sua família, após ter ficado meses sumido. Quando Anton descobre que tem alguém na sala da câmara, a equipe de campo começa a se preocupar com como vão sair. O primeiro plano era usar os poderes de Yo-Yo para derrubar todos eles, mas os braços não são feitos para funcionarem na velocidade, e eles acabam tendo uma pane quando ela tenta os usar.


Pensando em uma saída, FitzSimmons optam por ficar na sala para distrair Anton, enquanto Yo-Yo tenta achar uma saída. Depois de um bom tempo, finalmente vemos FitzSimmons em ação no campo de novo. Fora da sala, Yo-Yo da de cara com Anton, e acabam lutando. Quando ela derruba ele pela janela, seu corpo é ferido, o que faz com que os demais androides também parem, já que ele os controlava.


Na base, com Deke ainda sob efeito de medicamentos, ele acaba se declarando para Daisy, com Mack e Piper na sala, e então os dois o sedam, já que estavam rindo do coitado. FitzSimmons acabam sendo surpreendidos por Strucker e Ruby, que chegaram na sala e viram que eles destruíram equipamentos essenciais para o funcionamento da câmara, e então os faz de refém até que eles consertem.


O episódio termina com Talbot ligando para sua família, onde acaba sendo enganado por sua esposa, que lê a carta da Hidra para poder controlá-lo. Semelhante ao que vimos com o Soldado Invernal nos filmes da Marvel.


O próximo episódio intitulado "All Roads Lead..." irá ao ar no dia 20. Confira a promo:


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.